Você faz parte do corpo

Cá entre nós, o corpo humano é uma verdadeira riqueza...

O corpo não é composto de um só membro, mas de muitos.” (1 Coríntios 12:14)

Cá entre nós, o corpo humano é uma verdadeira riqueza, possui inúmeros órgãos, células, tecidos e cada um deles desempenha uma função única e especial. Função esta que se houvesse uma “mudança de lugar” entre órgãos de diferentes funções, por exemplo, provavelmente este outro não executaria com tanta excelência o propósito idealizado para o primeiro. Consegue compreender? Permita-me dar-lhe um exemplo muito simples: o coração se colocado no lugar dos rins não teria êxito algum, pelo contrário, seria um desastre e tanto! Já imaginou? Isso porque cada um deles é único, e nasceu com um belo propósito a desempenhar. A mesma coisa acontece com a sua vida, Deus o fez único. Não há outro como você.

Campanhas publicitárias, palestras, textos e afins afirmam que nós somos pessoas especiais. Você também já viu ou ouviu falar sobre isso? Eu até acho muito bacana essa afirmação, mas sabe, orando ao Senhor, Ele me deu o entendimento que nós somos únicos e não somente especiais. Entende a diferença? Ser especial é legal, eu admito, mas ser único traz um sentido e significado muito mais profundo e abrangente. Talvez colecionadores de objetos compreendam melhor o que quero dizer. Quando você chega a determinada loja, e se depara com uma linda peça, vamos supor que seja um belo vaso de flores esculpido e pintado à mão, você se aproxima da peça e logo abaixo encontra a informação de que ela é única, não há outra pessoa no mundo inteiro que tenha outra igual. Uau! Seu primeiro pensamento será: tenho algo raro e único em minhas mãos,  sinto-me privilegiado.

Posso dizer uma coisa? Você é esse vaso e, por favor, não se sinta ofendido pela comparação, muito pelo contrário. Seu nascimento foi sonhado, planejado, esculpido e pintado pelas mãos do próprio Deus. Não há outro como você. Toda peça única tende a ser muito cara e valiosa e o mesmo é a sua vida aos olhos de Deus. Foi liberado sobre a sua vida diferentes dons e talentos para seu próprio benefício, mas também para a edificação do Reino. E é aí que desejo me aprofundar.

A Palavra de Deus diz em 1 Coríntios 12:8-11 afirma o seguinte: “Pelo Espírito, a um é dada a palavra de sabedoria; a outro, a palavra de conhecimento, pelo mesmo Espírito; a outro, fé, pelo mesmo Espírito; a outro, dons de cura, pelo único Espírito; a outro, poder para operar milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a outro, variedade de línguas; e ainda a outro, interpretação de línguas. Todas essas coisas, porém, são realizadas pelo mesmo e único Espírito, e ele as distribui individualmente, a cada um, conforme quer.”

Cada um de nós, membros do Corpo de Cristo, recebemos e desenvolvemos diferentes dons dados pelo Espírito Santo ao longo da vida. Você consegue compreender a importância da sua existência para a Igreja do Senhor? Não há outro como você! É claro que muitas pessoas podem fazer aquilo que você faz, mas não do jeito que você faria. Ora, assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com respeito a Cristo.” (1 Coríntios 12:12). Por muito tempo, escondi-me atrás da velha desculpa, “há tantas pessoas em minha igreja servindo, que nem precisam de mim.” Mas certo dia fui confrontada por meio do capítulo de 1 Coríntios 12 (leia-o por completo depois, por favor). Era o próprio Deus me falando que sim, eu sou importante para o Reino, e mesmo que não necessitassem do meu serviço, Ele se alegraria com a disposição do meu coração em servir.

Talvez você congregue há muito tempo em uma igreja, talvez esteja chegando agora e ainda se adaptando, mas não importa o tempo, o Corpo de Cristo precisa de você. Somos um, somos únicos. Ajudamos uns aos outros e unimos nossos dons e talentos com um único propósito, servir ao Criador. Tenho plena convicção de que Deus se alegra quando há esse ajuntamento cristão com essa única finalidade. Lembre-se, você é único. Nós precisamos de você. Sirva.

Juliana Reis

Jornalista do Ministério de Comunicação

Share This