Valores inegociáveis

O que devemos fazer para agir de acordo com o compromisso que assumimos com Jesus?

Errais, não conhecendo as escrituras nem o poder de Deus.”
Mateus 22.29

Não. Este texto não se refere à queda na bolsa de valores ou a crise financeira mundial. Trata sobre os valores que permeiam a vida cristã e que, consequentemente, são totalmente inversos aos valores vigentes na sociedade pós-moderna.

Diariamente enfrentamos questões que colocam em xeque nossa postura como cristãos. Como você reage a isso? Fica calado? Sai de fininho? Acaba concordando para não ser excluído?

O que devemos fazer para agir de acordo com o compromisso que assumimos com Jesus? Existem valores que não podemos negociar e, portanto, caminhamos na contramão da cultura. Que valores são esses? Estão todos expressos na Bíblia, a palavra de Deus e, por isso, é tão importante conhecê-la profundamente. Não apenas conhecê-la, como uma forma de conhecimento teórico, mas vivenciá-la, exercitar os mandamentos e buscar o crescimento espiritual a cada dia. Deus não deseja que seus filhos vivam cercados pelos muros na igreja. Ao contrário, ele deseja que sejamos o sal da terra e a luz do mundo. Sair da segurança dos muros significa enxergar o mundo como um campo missionário, que nos desafia a definir valores inegociáveis, que nos possibilitam ser instrumentos de paz em nosso meio.

Relacionar-se com Deus, com a igreja e com o seu povo está no centro de nossa vida. Por isso, investir em relacionamentos saudáveis é um valor fundamental, pois, como temos aprendido, pessoas são mais importantes do que as coisas. Este valor envolve todos os outros: família, ética, saúde…

“Não podemos amar a Deus sem odiar aquilo que Ele odeia. Não somente devemos evitar o mal, recusando-nos a continuar nele, mas também devemos declarar guerra contra ele, voltando-nos contra ele com indignação no íntimo” (C.H. Spurgeon).

Que o Senhor seja o nosso maior mestre e nos ensine a definir, como família, valores inegociáveis. Que cada membro sinta-se impelido a aprender sempre exercitando o que aprendeu numa vida abundantemente repleta da graça de Deus.

Martha Zimermann de Morais

ABASC - Ministério de Ação Social

Share This