Adolescer com Jesus

Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.
I Timóteo 4.12

Deus, em Sua infinita sabedoria, proporcionou ao homem passar por um período muito especial, no qual questiona valores pré-estabelecidos e passa por mudanças profundas, que possibilitarão que a criança se torne um adulto apto para atuar em seu mundo. Este é o momento da adolescência.

No dia 1º de agosto comemora-se o dia do adolescente. É uma boa oportunidade para que nós, como Igreja, olhemos com mais atenção para esses jovens alegres e irreverentes, mas profundamente comprometidos com a Palavra de Deus e seu mandamento de fazer Jesus conhecido para todos.

Vemos com alegria meninos e meninas envolvendo-se com pessoas, orando por elas, mostrando o caminho que leva a Deus. Vemos seu compromisso em assumir um amigo, ajudando-o a carregar fardo (ou mochila) que carrega, chorando com ele, amando-o como Jesus faria e o acompanhando passo a passo, até que possa caminhar sozinho e, assim, também possa fazer outros discípulos.

Ouvimos falar da coragem deles de colocar-se como cristãos em seu grupo de convívio, procurando manter uma postura coerente com a fé que professam, mesmo sob comentários que magoam. Ouvimos de sua ousadia, falando em tempo e fora de tempo do amor de Deus, sem fazer acepção de pessoas, assumindo-as como elas são.

Sentimos suas necessidades de atenção, de afeto e de sentir-se parte de um grupo que os ame e respeite. Também compartilhamos de seu desejo de ter uma família unida no propósito de Deus, que saiba passar pelos conflitos com sabedoria, com pais que demonstrem amor incondicional, sem condicioná-lo a comportamentos adequados.

Como é bom “adolescer” com Jesus! Quantas experiências! Quanta aventura! Você não acredita? Pergunte a um adolescente.

Que nosso Deus, pleno de graça e misericórdia, continue dando a visão a nossos queridos adolescentes! Que o Senhor os livre do mal, impedindo que sejam seduzidos pelos apelos do mundo, e lhes dê famílias abençoadoras, que façam do amor responsável a diretriz para a formação destes jovens que estão sendo colocados em nossas mãos por Deus.

Que o Senhor nos ensine a respeitá-los como parte do corpo de Cristo e nos dê discernimento para que possamos aprender com eles.

Martha Zimermann de Morais

Ministério de Ação Social

Share This